Vem me seguir também...vem

PARA ACHAR ALGO DIGITE A PALAVRA

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

ROBERT HALDANE- Grandes nomes congregacionais



Adpt. Joelson Gomes
 


Robert Haldane- Nascido 28 de fevereiro de 1764 em Queen Anne Street, Cavendish Square, Londres, ele era o irmão mais velho de James Alexander Haldane. Como seu irmão, ele foi criado sob os cuidados de sua avó, Lady Lundie, e seus tios, e os dois meninos assistiram à escola primária de Dundee e de Edimburgo (Escócia) juntos.
 
Depois de passar um tempo muito curto na Universidade de Edimburgo, no início de 1780 ele se juntou ao HMS Monarch como aspirante sob seu tio, o capitão (depois visconde) Duncan. No ano seguinte, foi transferido para o Foudroyant, comandado pelo capitão Jervis, depois conde de São Vicente, a bordo do qual ele teve algum serviço ativo contra os frances. A paz de 1783 trouxe sua carreira naval a um fim.  Ele se casou em abril 1786 Katherine Cochrane, filha de George Oswald de Scotstown.
 
Enquanto isso, ele estava sob a influência de David Bogue (pastor congregacional e um dos fundadores da Sociedade Missionária de Londres) de Gosport. Ao deixar a marinha ele passou algum tempo tendo aulas com Bogue, e depois retornou a Universidade de Edimburgo, onde permaneceu por duas temporadas. Em 1786 ele se estabeleceu em sua propriedade: Airthrey, onde, por dez anos, ele levou uma vida no campo. A eclosão da Revolução Francesa o levou a ter um grande interesse em política, mas sua mente se tornou mais e mais envolvida com a religião.
 
Em 1796, ele deixou a Igreja da Escócia e formou um projeto para fundar uma missão na Índia e ele próprio ser um dos missionários. Ele propôs a vender suas propriedades e investir 25.000 libras para o apoio permanente do trabalho. Seu amigo Bogue concordou em acompanhá-lo à Índia, mas a East India Company recusou-se a permitir que a missão fosse plantada em qualquer parte do seu território, e o esquema foi abandonado.
 
Ele, então, voltou sua atenção para as necessidades da Escócia. Em 1798 ele vendeu Airthrey, e começou a pregar ocasionalmente. Saiu da Igreja da Escócia, em janeiro de 1799, e se juntou ao seu irmão James na organização de uma Igreja Congregacional em Edimburgo. Ele decidiu estabelecer tabernáculos nos grandes centros de população. Para fornecer pastores fundou seminários para a formação dos alunos, a quem ele manteve às suas próprias custas. Diz-se que nos doze anos 1798-1810, ele tinha gasto mais de 70.000 libras em seus planos para o avanço da religião na Escócia.
 
Em 1798, ele planejou para trazer 24 crianças da África para serem educadas e enviadas de volta para ensinar os seus compatriotas, e prometeu dar todo o custo de seu transporte, apoio e educação, estimado em 7.000 libras. As crianças foram trazidas, mas por algum motivo ou outro não foram colocadas sob os cuidados de Haldane, embora ele tinha arranjado o seu alojamento em Edimburgo.
 
Em 1799, James foi ordenado pastor de uma grande congregação independente em Edimburgo. Esse grupo foi o primeiro a ser conhecido como a Igreja Congregacional, na Escócia.

Ele era suspeito por muitos por suas supostas tendências democráticas, bem como os seus pontos de vista religiosos. Em 1800 ele publicou um panfleto intitulado “Endereçado ao público por Robert Haldane sobre suas opiniões políticas e planos recentemente adotadas para promover a religião na Escócia ".
 
Em 1808, ele discordou do batismo de bebês e adotou o ponto de vista Batista, e em 1816, ele publicou uma de suas obras mais importantes, "A Prova e Autoridade da Revelação Divina". No mesmo ano que viu a primeira aparição deste livro, ele foi para Genebra e começou um notável trabalho de evangelização continental. Um grande número de estudantes da universidade vinha diariamente para ouvi-lo, e ele ganhou sobre eles uma influência maravilhosa. Em 1817, ele foi para a Montauban, onde seguiu um curso semelhante. Aqui, ele também obteve a impressão de duas edições da Bíblia em francês, no valor de 16 mil cópias no total, que circulou junto com uma tradução francesa do seu 'Evidências' e um comentário sobre a Epístola aos Romanos na mesma língua, e muitos trechos.  

Em 1819, ele retornou para a Escócia para uma propriedade em Auchingray, Lanarkshire, que ele havia comprado. No final de 1824 ele se envolveu em uma polêmica, que durou 12 anos, a respeito da circulação pela Sociedade Bíblica Britânica e Estrangeira dos apócrifos junto com a Bíblia. O curso desta controvérsia levou a emitir um de seus trabalhos mais conhecidos, "a autenticidade e inspiração das Escrituras", que chegou a uma grande circulação, e já passou por muitas edições.
 
Catedral de Glasgow
Em 1835 apareceu o primeiro volume de uma outra obra, que também foi destinado a atingir grande popularidade, uma "Exposição da Epístola aos Romanos," o início do que já tinha aparecido em francês. O segundo volume foi publicado em 1837 e o terceiro em 1839. Além dos trabalhos mencionados ele foi o autor de muitos folhetos e outras publicações.
 
Ele morreu em Edimburgo em 12 de dezembro de 1842, e foi sepultado na Catedral de Glasgow.
 __________________________
Fontes: 


 

Nenhum comentário: